Domingo, 17 de Outubro de 2021
25°

Alguma nebulosidade

Porto Velho - RO

Entretenimento e Turismo PESQUISA

Metade dos brasileiros planeja viajar nos próximos 12 meses

Já para o Exterior, 20,5% pretendem ir para a América do Norte e 19% gostariam de viajar para a Europa.

07/06/2021 às 09h04
Por: Redação Fonte: PANROTAS
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Um novo estudo realizado pela consultoria Hibou revelou que 47% dos brasileiros têm a intenção de viajar nos próximos 12 meses, mesmo com medidas de isolamento ainda em operação e sem previsão final de vacina para toda a população. Entre os destinos mais almejados, 55,7% querem conhecer outros Estados do Brasil e 22,9% têm em mente conhecer melhor o próprio Estado. Já para o Exterior, 20,5% pretendem ir para a América do Norte e 19% gostariam de viajar para a Europa.

Em relação aos tipos de acomodação, se destacam:

  • Hotéis de redes conhecidas: 49%;
  • Aluguel de imóvel por temporada: 21,8%;
  • Casa de parentes ou amigos: 11,8%.


"O brasileiro está cansado de ficar em casa. Ele entende o valor da quarentena, mas não vê a hora de tomar a vacina e, finalmente, poder sair de casa. O Turismo em si sempre ocupou espaço de destaque entre os principais objetivos da lista de desejos, mais forte que comprar um carro ou uma casa, por exemplo. Com isso em mente, a previsão é que, assim que puder sair de casa com segurança, o brasileiro vai se endividar, curtir em pouco espaço de tempo tudo o que ficou reprimido nesse um ano e meio em quarentena. Então, teremos um "boom" no Turismo, que é a principal válvula de escape da população aqui", afirma a sócia da Hibou, Ligia Mello.

VIAGENS INTERNACIONAIS
A pandemia fez com que 24,1% dos brasileiros desmarcassem viagens por completo, enquanto 17,5% apenas adiaram o passeio. Pensando em viagens nacionais, a maior parte dos entrevistados (69,5%) acredita que as pessoas voltarão a viajar somente após fevereiro de 2022.

No caso das viagens internacionais, a população ainda está mais cética sobre o retorno, já que 81,4% aposta em uma normalização apenas após fevereiro de 2022 também. Ainda assim, seja no Brasil ou no Exterior, 51,6% da população sente vontade de viajar ainda em 2021.

PRINCIPAIS PREOCUPAÇÕES
Para 53,5% dos entrevistados, a principal preocupação em relação a viagens atualmente é a possível contaminação de covid-19. No entanto, há ainda uma parcela de 35,7% que se preocupa com o risco de que essas viagens contribuam para uma nova onda de casos de covid-19 no País.

Outras dificuldades apontadas pelos respondentes incluem:

  • A própria situação financeira (33,1%);
  • O fechamento de pontos turísticos (24,1%);
  • A alta cotação do dólar (19,6%).


Na hora de planejar uma viagem, o brasileiro considera ainda:

  • A estação do ano (55,2%);
  • O orçamento final (46,2%);
  • Um roteiro bem estruturado (43,3%);
  • A forma de pagamento (40,1%);
  • Acesso a pacotes promocionais (37,5%).


"A companhia também é muito importante, família e companheiros, sejam casados ou namorados, juntos, correspondem por 73,4% das preferências do brasileiro para uma viagem. A pesquisa mostrou também que a população prefere planejar com antecedência essas viagens, sendo 24,8% com um ano antes e 36,3% entre três e seis meses", completa Ligia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias