Sábado, 22 de Janeiro de 2022 01:16
69 98133-2589
[Portfólio] etiene.com.br SAÚDE NA COMUNIDADE

Mobilização no Orgulho do Madeira reúne vários serviços e conta com a presença do ministro da Saúde

A Ação de Saúde conta com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e a expectativa diária é aplicar cerca de 2 mil doses de cada imunizante, incluindo a de influenza

21/12/2021 19h11 Atualizada há 4 semanas
63
Por: ETIENE GONÇALVES Fonte: SMC
Leandro Morais/Prefeitura de Porto Velho
Leandro Morais/Prefeitura de Porto Velho

Com o propósito de ampliar os atendimentos, a Prefeitura de Porto Velho levou até os moradores do residencial Orgulho do Madeira, na zona Leste, mais uma edição do projeto que visa atender localidades mais distantes com serviços de saúde. A ação contou com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, além de outras autoridades políticas.

Nas salas e pátio da Escola Maria Francisca de Jesus Gonçalves, foram ofertadas pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), vacinas contra a covid-19 e gripe, atualização do cartão de vacina para maiores de 12 anos, teste rápido de covid-19, sífilis, hepatite B e C, Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), orientação de planejamento familiar, atendimento médico às mulheres e agendamento para colocação de dispositivo intrauterino (DIU), laqueadura e vasectomia.

De acordo com a titular da Semusa, Eliana Pasini, as ações itinerantes nos bairros ocorrem desde o início da gestão Hildon Chaves, e já foram promovidas, algumas vezes, na região do Orgulho do Madeira. “Estaremos atendendo a comunidade quantas vezes for necessário. Queremos garantir a aplicação das doses contra a gripe e covid-19. Aqui, oferecemos aquilo que a população mais precisa”.

Eliana Pasini, secretária da Semusa

RESULTADOS

Até o momento, a Prefeitura de Porto Velho já aplicou mais de 700 mil doses, sendo mais de 363 mil (D1) e mais de 286 mil (D2), mais de 9 mil (dose única) e mais de 39 mil (reforço).

O resultado só foi alcançado por haver uma determinação focada na saúde pública e nas garantias de prevenção, dada pelo prefeito Hildon Chaves.

Segundo o secretário adjunto de Governo (SGG), Devanildo Santana, o prefeito assumiu o compromisso de descentralizar as ações. “Queremos chegar em 100% de cobertura vacinal e, para isso, há um mutirão de atendimento. Todos nós devemos seguir emanados para vencer a pandemia de covid-19 e, agora, amenizar os casos de influenza que estão afetando a população. Essa é diretriz e, vamos juntos, caminhando para consolidar os feitos desta gestão”, destacou Santana ao lembrar que os deveres de higienização e uso de máscaras devem ser mantidos.

Devanildo Santana, secretário adjunto de Governo (SGG)

OLHAR HUMANIZADO

Presente na ação, a deputada federal Mariana Carvalho destacou o compromisso assumido e reiterou que deve sempre haver um olhar de forma humanizada para o povo que precisa de atenção, zelo e mais saúde. “Há todo um trabalho de uma equipe que é mobilizada e atende a todos, e que não medem esforços para fazer com que a população porto-velhense tenha a oportunidade de ser imunizada. Todos os dias, a procura tem sido grande em nossos postos de vacinação e, se Deus quiser, vamos combater essa pandemia, salvando vidas”.

MINISTRO INCENTIVA REFORÇO VACINAL

A ação em saúde foi acompanhada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Ele aproveitou a visita à ação no Orgulho do Madeira para reforçar a necessidade de aplicação da segunda dose e a de reforço. “Precisa aumentar a cobertura, sobretudo, na região Norte. O avanço é necessário, e a população só vai estar protegida quando o esquema vacinal estiver completo. É o segredo para proteção também contra a variante Delta e a Ômicron, se chegar até aqui”, alertou.

Ministro Marcelo Queiroga aplicou o imunizante na deputada Mariana Carvalho

Segundo ele, a região Norte é a maior riqueza do Brasil, mas apresenta grandes desafios pela sua dimensão territorial. “Estamos aqui em parceria com a Semusa, para estimularmos a todos, aqueles 25% que ainda não tomaram a segunda dose e reforço, lembrando que podem ser aplicadas em todos aqueles acima dos 18 anos e que tomaram a segunda dose após 120 dias”, lembrou.

Os imunossuprimidos podem tomar a dose de reforço após 28 dias da segunda dose. A Semusa reitera que todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) já estão atendendo com aplicação de vacina para facilitar o acesso da população.

APELO DE QUEM VACINA

Trabalhando como vacinadora comprometida com a missão assumida, Nayele Brás recebeu a sua dose da vacina Influenza. “Quem tiver com o seu esquema vacinal incompleto, por favor, compareça às UBSs ou em qualquer uma das ações que tiver. É importante a vacina, a pandemia continua e outras variantes vão aparecendo”, fez o apelo público. “É a sua chance de sobreviver e dos seus”, acrescentou.

Vacinadora Nayele Brás incentiva a população a completar o esquema vacinal

PARCERIA

A Ação de Saúde conta com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e a expectativa diária é aplicar cerca de 2 mil doses de cada imunizante, incluindo a de influenza. Os atendimentos seguem na quarta-feira (22), das 9h a 17h.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias