Terça, 17 de Maio de 2022
69 98133-2589
[Portfólio] etiene.com.br EDUCAÇÃO

Porto Velho abre ano letivo de 2022 de forma presencial

Ao todo, 45 mil alunos estão distribuídos em 141 unidades de ensino do município.

09/02/2022 13h52 Atualizada há 3 meses
155
Por: ETIENE GONÇALVES Fonte: SMC
Leandro Morais/Prefeitura de Porto Velho
Leandro Morais/Prefeitura de Porto Velho

As aulas presenciais na rede pública municipal da área urbana e dos distritos começaram nesta quarta-feira (9). A cerimônia de abertura oficial do ano letivo foi realizada na Escola Maria Francisca de Jesus Gonçalves, no bairro Jardim Santana. Ao todo, 45 mil alunos estão distribuídos em 141 unidades de ensino.

A volta às aulas na modalidade presencial era a expectativa de muitos pais e alunos. Para o vice-prefeito Maurício Carvalho é a garantia de melhor aprendizagem neste modelo. “Eles precisam estar em sala de aula, afinal eles são o nosso futuro e, isso, deve ocorrer com toda a segurança necessária por conta desse período pandêmico”, disse ele ao reiterar todo o comprometimento existente pela gestão e coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) para cumprir a retomada.

O município vem se preparando desde o início da pandemia para que as aulas pudessem recomeçar de forma presencial. Para tal, foi criado um Comitê de Gestão e Decisão sob a coordenação da Semed. “A nossa rede municipal atende as determinações do prefeito Hildon Chaves e iniciamos o ano letivo com todos os protocolos sanitários de segurança à vida de alunos e professores e das famílias”, destaca Gláucia Negreiros, titular da Semed.

A secretária informa ainda que o ensino remoto ainda é possível. “Isso somente aos alunos que apresentem algum tipo de comorbidade. A gente já conscientiza as famílias, pois o retorno presencial vem para sanar dificuldades de aprendizagem que a Semed detectou em uma avaliação no final do ano de 2021”, explica.

Gláucia lembra ainda que os prejuízos educacionais com o retrocesso foram percebidos em Língua Portuguesa e Matemática. “Agora a gente precisa executar um plano montado na busca de recomposição dessas perdas”, reitera a secretária.

SEGURANÇA FAMILIAR

Graça Monteiro é avó de Rian Quelvin Monteiro e conta a segurança com o retorno das aulas presenciais. “A gente se sente mais segura ao deixar ele vir à escola. As crianças agora podem estudar por estarem em condições de proteção com a vacina, isso já ajuda bastante”, afirma.

Ela acrescenta que frequentar a escola é bem melhor do que as aulas remotas. “Não dá para acompanhar tão bem e de forma mais séria por nós no dia a dia. Essa volta vai ser vitoriosa”, disse dona Graça, que é responsável por cuidar do neto durante o trabalho dos pais.

TRANSPORTE ESCOLAR

A rede municipal também já atende a todos os alunos que dependem de transporte escolar terrestre. Atualmente, 146 novos ônibus já estão em funcionamento nas linhas e vicinais para atender os alunos do campo.

Apenas os alunos da região do baixo Madeira ainda aguardam a confirmação da garantia da disponibilidade do transporte escolar fluvial via Governo do Estado, que deve ocorrer em 19 de fevereiro.

REGISTROS

Participaram da cerimônia o presidente da Câmara de Vereadores, Edwilson Negreiros, os vereadores Paulo Tico, o promotor de Educação do Ministério Público de Rondônia (MP/RO), Julian Farago, os representantes do Conselho Municipal de Educação (CME), Mirian Pereira, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Rondônia (Sebrae/RO), Rita de Cássia Costa, além de outras autoridades ligadas à Educação.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias