Terça, 23 de Julho de 2024
19°C 36°C
Porto Velho, RO
Publicidade

Ieda Chaves cobra capacitação em noções básicas de primeiros socorros nas escolas de Rondônia

A parlamentar reforça a necessidade de aplicação da Lei Federal nº 13.722/2018.

30/04/2024 às 08h43
Por: ETIENE GONÇALVES
Compartilhe:
Rafael Oliveira
Rafael Oliveira

A deputada estadual Ieda Chaves (União Brasil) busca, através do Requerimento 1084/2024, informações junto ao Governo de Rondônia sobre as tratativas adotadas para a regulamentação da Lei Federal nº 13.722/2018. A legislação em questão trata da capacitação em noções básicas de primeiros socorros aos profissionais que atuam em estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de recreação infantil em âmbito estadual. O documento foi enviado à Casa Civil e à Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Segundo a parlamentar, a Lei torna obrigatória a capacitação de profissionais que prestem serviços em estabelecimentos de ensino ou recreação que reúnam crianças e adolescentes, sejam eles públicos ou privados.

"O objetivo é proporcionar a manutenção da integridade física ou psíquica de seus alunos e tutelados, garantindo que estejam aptos a lidar com situações de emergência. Ter adultos devidamente treinados para lidar com essas situações pode fazer toda a diferença e salvar vidas", esclareceu Ieda Chaves no Requerimento.

A Lei Federal em questão, conhecida como Lei Lucas, já está em vigor e tem o objetivo de auxiliar em atendimentos primários como, por exemplo, engasgos, quedas, convulsões, paradas cardíacas/respiratórias, afogamentos, cortes, queimaduras e exposição a descargas elétricas. "No entanto, devido à falta de regulamentação que defina os critérios para a sua implementação, ela não está sendo devidamente aplicada em Rondônia (...), e a demora na regulamentação gera sua ineficiência", acrescentou a deputada estadual.

Cobrança

O requerimento em questão é uma cobrança à Indicação e Ofício encaminhado à Seduc, em março de 2023, destacando a necessidade de confecção para o atendimento à determinação do art. 6º da Lei em questão. À época, a pasta destacou a necessidade de parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), do Corpo de Bombeiros Militar/Defesa Civil, entre outras.

Destinação de emenda

Na última semana, durante evento em Porto Velho, a deputada estadual Ieda Chaves confirmou que irá destinar, brevemente, emenda parlamentar para a aquisição de kits de primeiros socorros na rede municipal e estadual de educação. Ela justificou que “a ideia é garantir que todos saibam agir nos primeiros socorros até que a assistência médica especializada chegue ao local", completando que "infelizmente, aqui em Rondônia, teve que acontecer a morte de uma criança para que todos despertassem para a realidade".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias