Terça, 23 de Julho de 2024
19°C 36°C
Porto Velho, RO
Publicidade

Ieda Chaves reafirma defesa ao agronegócio durante Workshop Pecuária Sustentável em Rondônia

Evento busca fortalecer a sustentabilidade e transparência nas cadeias produtivas.

04/06/2024 às 14h59
Por: ETIENE GONÇALVES Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Etiene Gonçalves
Etiene Gonçalves

Na manhã desta terça-feira (4), a deputada estadual Ieda Chaves (União Brasil) participou da solenidade de abertura do “Workshop Pecuária Sustentável em Rondônia”. O evento, realizado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), da Agência de Cooperação do Governo Alemão GIZ, com apoio da Embrapa, Fundação Rio Terra e a Imaflora, em Porto Velho, tem o objetivo de capacitar técnicos locais para a implantação e replicação de Unidades de Referência Tecnológica (UTR) no Estado. A programação  oficial segue até quinta-feira (6).

Ao fazer uso da palavra, a parlamentar parabenizou os participantes do evento, o qual considerou de suma importância para Rondônia e, sobretudo, para Porto Velho, em termos de promoção do desenvolvimento econômico. “O município vem crescendo muito, tanto na pecuária quanto na agricultura, e o conhecimento é de suma importância. Não podemos avançar se não conhecermos, se não investirmos em tecnologia para fortalecer a pecuária e a agricultura, por exemplo, de forma mais sustentável, melhorando a qualidade de nossos produtos oriundos de nossas terras”, citou Ieda Chaves.

Além disso, a deputada estadual reafirmou seu compromisso com a defesa da produção rural, visando o fortalecimento do agronegócio rondoniense. Ela se colocou à disposição para tratar de qualquer questão que trate da Legislação em Rondônia, defendendo um modelo de produção mais sustentável que concilie produtividade, qualidade e responsabilidade ambiental.

Atuação

De acordo com Bruno Meireles Leite, coordenador geral de Produção Animal da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo (SDI) do Mapa, a proposta do workshop vai além da transferência de conhecimento e informações. O objetivo é organizar um projeto piloto para atender Rondônia, que possui uma pecuária pujante e forte tanto no leite quanto no corte.

“Vamos levar o melhor conhecimento técnico aos nossos produtores, para que eles possam estar antenados às discussões internacionais e nacionais. Hoje existem regras, por exemplo, da União Europeia, do Reino Unido e da China que exigem rastreabilidade e adequação ambiental. Temos todos os elementos para mostrar que a nossa pecuária tem condições de estar em todo o mundo”, destacou Leite.

Ricardo Farias / SMC

Números Relevantes

De acordo com os últimos dados do Mapa, da Prefeitura de Porto Velho e do Governo do Estado, Rondônia possui o maior rebC)anho bovino dentro das áreas nacionais reconhecidas internacionalmente como livres de febre aftosa sem vacinação, com mais de 18,2 milhões de cabeças em 2023. Porto Velho se destaca no ranking, com 1,6 milhão de cabeças.

Em 2023, Rondônia representou 9% da exportação de carne bovina brasileira, liderando a exportação da região Norte e se posicionando entre os seis maiores exportadores do país. A pecuária, por exemplo, representa R$ 10,7 bilhões do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) do estado. Além disso, Rondônia é o maior produtor de leite da região Norte, responsável por 47,0% da produção.

Programação

Os encontros iniciam às 8h e encerram às 17h, no L’ Arcordes Hotel – (BR-364, 8250, Aeroclube). No dia 04/06 constam os Painéis I e II denominados “Contextualização” e “Sistemas Pecuários no Contexto das Emissões e Remoções do Gases de Efeito Estufa (GEE)”; no dia 05/06, ocorrem os Painéis III e IV com os temas “Tecnologias Mitigadoras para Pecuária e “Oficina para Discussão de Estratégias para construção do Programa Pecuária +Sustentável”; e 06/06 será dedicado para um “Dia de Campo”.

Registros

O evento contou com a presença de diversas autoridades, entre elas, Antônio Silva Costa, superintendente substituto do Ministério da Agricultura e Pecuária (SFA/RO), Lúcia Wadt, chefe geral da Embrapa Rondônia, Luiz Paulo e Marco Antônio Ribeiro, os secretários de Estado da Agricultura (Seagri) e do Desenvolvimento Ambiental de Rondônia (Sedam), e Hildon Chaves, prefeito de Porto Velho.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias